O que é e como fazer um #Repost no Instagram sem ter problemas com a legislação de direitos autorais?

Entenda utilizar essa estratégia nas redes sociais de sua empresa, compartilhar bons conteúdos e evitar eventuais processos com a Lei de Direitos Autorais.

O compartilhamento de conteúdo pertencente a outros perfis no feed é um dos recursos mais utilizados nas redes sociais, seja através do botão de Compartilhar do Facebook ou pela função Retweet do Twitter. Entretanto, quando se trata de Instagram essa prática é um pouco diferente. Isso porque para fazer um repost nessa rede social é necessário recorrer a outros aplicativos e ferramentas. Embora, seja algo popular você já se perguntou em algum momento se isso é permitido? Afinal, envolve a imagem e a idéia de terceiros.

Continue a leitura e entenda mais sobre o Repost no Instagram e suas consequências legais.

O que significa um Repost?

A palavra “repost” é um termo utilizado nas redes sociais e significa “respostar” ou publicar novamente, pela tradução do inglês. Essa ação é basicamente uma maneira simples para que o usuário publique bons conteúdos, divulgando/compartilhando postagem de terceiros que a tornaram “pública” e que por algum motivo seja interessante para seus seguidores ou para sua marca.

No Twitter, essa funcionalidade que já é nativa utiliza o nome retweet ou retuitar – twittar novamente, enquanto no Facebook e Linkedin a ação é denominada de compartilhamento, ou seja, o ato de compartilhar algo que no caso foi publicado por outra pessoa.

Instagram é a rede social que possui o segundo maior ROI, de acordo com profissionais de marketing (ficando atrás apenas do Facebook).

O Instagram não permite o compartilhamento

Na verdade as ferramentas nativas do Instagram não possibilitam o compartilhamento, mas como teoricamente os criadores a tornaram públicas – qualquer um pode ver e interagir – por terem seus perfis abertos, possibilita que outras pessoas possam compartilhar aquele conteúdo. Agora isso não significa que está autorizado a realizar o repost. Deve-se pedir permissão ao criador, informando-o onde e como será republicado, informando que o nome dele será marcado como origem.

Segundo a Lei nº 9.610 de 18 de fevereiro de 1998 (veja na íntegra), que determina que o uso da obra autoral depende de autorização prévia e expressa do autor, habilita então que pessoas ou empresas de posse dessa autorização possa fazer o #repost, agir legalmente e não ter problemas com eventual processo do autor.

Em artigo escrito para o site JusBrasil, a advogada e pesquisadora em Propriedade Intelectual, Ana Clara Alves Ribeiro explica que em regra, todo uso de imagem requer permissão, inclusive a repostagem. Entretanto, não há uma resposta precisa sobre a repostagem e incorporação de posts de redes sociais, nem na legislação nem na jurisprudência. 

“A Lei de Direitos Autorais é de 1998, época em que mal existiam redes sociais na forma como conhecemos hoje. Na verdade, isto nem é um caso de se falar em atualizar a lei. Interpretar a lei, na maioria dos casos, costuma ser suficiente. Mas, a interpretação pode ser bastante subjetiva”, acrescenta Ana Clara.

Quais os riscos ao repostar ou incorporar sem permissão?

Quem viola direitos autorais e/ou direitos de imagem em caso de repostagem ou incorporação indevida fica sujeito a:

  • indenização por danos morais;
  • indenização por danos materiais, se a postagem trouxer prejuízo financeiro a uma pessoa ou empresa;
  • penalidades e determinações judiciais, como: retirada da postagem; obrigação de postar pedido de explicações ou de desculpas;
  • consequências criminais, se a repostagem ou incorporação incorrer em crime (como o crime de injúria, por exemplo);
    consequências trabalhistas (por exemplo: demissão de um funcionário que faz
    repostagem de forma indevida e traz consequências para a empresa);
  • em alguns casos, pode haver penalidades por quebra de contrato (por exemplo: fotógrafo que se compromete a não divulgar as imagens da cliente, mas a cliente as divulga em seu Instagram pessoal – a obrigação do fotógrafo continua; ele não pode repostar).

A advogada Ana Clara Ribeiro ainda ressalta que as consequências são do ponto de vista da lei brasileira. Se o repost feito for de contas internacionais, há o risco da violação de leis internacionais também.

Agora que entendemos um pouco mais sobre o Direitos Autorais e vimos como deveremos proceder, chegou a hora de utilizar essa estratégia.

Como repostar no Instagram?

Já falamos que o Instagram não possui ferramentas nativas que permitem esse tipo de ação, então para realizá-la será preciso utilizar recursos externos, como já fazem alguns aplicativos para mobile, como é o caso do Repost for Instagram, ou aplicativos web, como o mLabs. Confira o passo a passo!

No Celular

Nesse exemplo estamos usando o Repost for Instagram.

  • Acesse o Instagram e ao encontrar a postagem que deseja republicar, pode ser uma foto ou um vídeo, desde que esteja no feed aberto da pessoa ou marca, mande um direct e peça autorização. 
  • Após receber a autorização, retorne a publicação original no Integram, clique nos três pontinhos que estão no canto superior direito da tela. Depois, basta clicar em copiar link. 
  • Em seguida, abra o Repost for Instagram, escolha o canto da tela de onde a notificação “repost” vai ficar posicionada. Inclusive, você pode escolher também a cor desse ícone. Depois de selecionadas essas opções, clique em Repost que está centralizado na parte inferior da tela.
  • O próximo passo é clicar em “Open Instagram”. Essa opção está localizada no canto direito superior da tela. Logo, a postagem abrirá diretamente no aplicativo.
  • Dentro do Instagram, escolha usar filtros ou cortar a imagem, se desejar. Ali você também pode criar uma legenda para usar antes da legenda original da postagem que está compartilhando.
  • Agora, é só clicar em compartilhar, o mesmo botão que você já usa para as postagens normais que faz. Pronto, seu repost no Instagram está feito.

Pelo computador

Usaremos para esse exemplo o mLabs, plataforma que utilizamos para realizar nossas ações para criar e publicar conteúdos para clientes.

  • Acesse o Instagram e ao encontrar a postagem que deseja republicar, pode ser uma foto ou um vídeo, desde que esteja no feed aberto da pessoa ou marca, mande um direct e peça autorização. 
  • De posse da autorização, retorne a publicação original no Instagram, clique nos três pontinhos que estão no canto superior direito da tela. Depois, basta clicar em copiar link. 
  • Acesse o mLabs, escolha a opção “Agendar Post” – infelizmente não funciona pelo Workflow, clique no ícone de repost, cole o link na janela que irá se abrir. Note que a imagem será reconhecida pelo aplicativo, mas não o texto da legenda.
  • Retorne então no Instagram, copie a legenda e adicione no início a hashtag #repost e em seguida a marcação do perfil com o @ antes do nome.
  • Agende para o melhor dia e horário ou publique no mesmo instante. Pronto!

Como compartilhar uma publicação do Instagram no site ou no blog

Se chegou até aqui sabe da importância dos conteúdos para auxiliar nas suas vendas e provavelmente já teve dificuldades de encontrar imagens para ilustrá-los. Sabia que é possível utilizar as fotos publicadas no Instagram para essa finalidade?

Caso utilize ferramentas de gestão de conteúdos do site ou blog, como WordPress ou selfHotel – como no exemplo ao lado, essa tarefa é bem simples de realizar utilizando o código embed no próprio Instagram. Agora esse tipo de ação só é possível fazer pela web e não pelo aplicativo da rede.

A realização dessa tarefa funciona de forma semelhante a que realizamos no Youtube, publicando um vídeo juntamente com o conteúdos textual do site ou do blog – inclusive isso ajuda no rankeamento no Google por deixar o visitante por mais tempo na página. No Instagram, seja com uma foto ou com um vídeo, é possível copiar o código embed da publicação e colocar em seu site.

  • Acesse a publicação pelo computador na web,
  • clique nos três pontinhos do canto superior direito e escolha a opção “Incorporar”.
  • Ao abrir a janela copie o código e cole na página do site ou no post do blog.

Quer mais dicas como essa, fale com nosso consultor e veja como implantar estratégias de Marketing Digital em sua empresa.