SEO e Otimização de Sites para Buscas

Se a sua empresa tem um site e ele é pouco acessado ou você percebe que ao fazer uma busca da palavra-chave pela qual sua persona é interessada ele não aparece, provavelmente, seu site não está utilizando as técnicas corretas de otimização. É o que no Marketing Digital chamamos de Search Engine Optimization (SEO) – conjunto de ações que possuem o objetivo de otimizar um site para obter as melhores posições nos resultados de busca.

Na era atual é praticamente impossível alguém precisar de alguma resposta e não ir no Google fazer uma pesquisa. Então é mais do que correto afirmar que na era atual a maneira mais adequada de encontrar seu cliente potencial é ser encontrado por ele. Então se quer aprender um pouco mais sobre essa estratégia, continue a leitura e descubra como utilizar no seu negócio.

Antes de você seguir saiba o que não é SEO

Como herdamos muitas nomenclaturas de outras línguas, é comum falarmos por aqui SEO de formas erradas, justamente porque vem de um termo em inglês (Search Engine Otimization) e repetimos ao ouvir sem ter o devido conhecimento – no bom português seria Engenharia da Otimização de Busca. Então, fique atento e aprenda o que não deve ser dito.

CÉU
Onde os pássaros voam

CIO
Período de acasalamento
ou Chefe de TI

CEO
Chefe da P@@@ toda!

Grande Objetivo do SEO

Conectar através de técnicas benignas, produtos e serviços adequados a pessoas que especificamente pesquisam pelas soluções prometidas por esses produtos e serviços, catalogados por sua descrição, indicação e usabilidade.

"A melhor maneira de encontrar seu cliente é ser encontrado por ele."

Conrado Adolfo

Alcançando o topo do Google

Quanto mais específica é uma busca e através dela uma pessoa consegue chegar até uma empresa, maior vai ser a probabilidade da conversão ser feita, inclusive, com um valor superior. Isso acontece porque você está ofertando algo que ela realmente deseja. Portanto, se estão chegando pessoas no seu site por palavras genérica, elas provavelmente darão menos valor ao que você está se propondo ofertar. 

Por exemplo, ao buscar pela palavra “tênis” serão exibidos diversos resultados genéricos, desde raquete de tênis, tênis de corrida e até mesmo outras mostrando como lavar um tênis. Já ao procurar por “tênis de corrida para pessoas com sobrepeso”, os resultados serão mais específicos e essas pessoas estarão muito mais propensas a dar mais valor ao que encontrará. 

Entenda como competição

Primeiro, precisamos entender que a missão do Google é sempre exibir os melhores conteúdos para a pergunta do usuário e não simplesmente rankear sites que descobriram a melhor forma de se posicionar. Se estamos falando de resultado, nós estamos falando de um chegar primeiro em relação ao outro – isso é uma competição. Podemos assim, fazer uma comparação com a corrida de rua ao que o Google faz no momento que a sua empresa quer concorrer com outras para estar em primeiro lugar em uma das buscas que são feitas com a palavra-chave do seu negócio. 

Se você está disposto a participar de corridas mesmo que seja de forma amadora é chato chegar por último ou dentro de uma ambulância porque não aguentou correr o suficiente. Quando você decide participar de uma competição é necessária uma preparação prévia. A primeira coisa que você faz é planejar o que irá fazer. Você começa correndo 1km, depois 2km e assim por diante. Fazendo uma alusão ao que tem que ser feito com seu site, primeiramente entenda quem são suas personas, conheça mais sobre o seu produto ou serviços, verifique quais os conteúdos podem ser colocados no site usando as palavras-chave que as pessoas, provavelmente, vão buscar e então acompanhar se está tendo retorno.

E é assim como fazemos numa corrida de rua, precisamos treinar constantemente, você faz aquilo todo dia. Porque se você parar, vai ser ultrapassado pelo seu oponente. Outro ponto é a alimentação, se você vai correr amanhã, a alimentação de hoje não pode ser de alto teor calórico. Caso contrário, você poderá passar mal durante a corrida. A mesma coisa é colocar conteúdos no seu site. Isso se refere aos posts do blog, aos títulos das páginas, ou seja, toda alimentação de conteúdos ao seu site precisa fazer parte da estratégia para alcançar e manter os primeiros lugares na disputa. 

Por fim, as ferramentas. Se está usando o tênis e roupa correta, assim como utilizando ferramentas corretas no desenvolvimento do site, estará em vantagem daqueles que correm descalços ou que estejam usando plataformas de sites inadequadas. 

 Talvez tenhamos sido prolixos nesta comparação, mas tivemos a intenção de demonstrar que para estar na frente outros estarão atrás. Então treine, exercite com frequência e seja melhor que seus concorrentes.

03 Pilares da Busca

Basicamente o Google se baseia em três pilares para suportar toda aquela ideia da competição. O primeiro pilar é o da técnica, ou seja, se o site utilizou a programação e ferramentas corretas ao ser desenvolvido. Isso facilita ou dificulta o mecanismo de busca navegar pelas páginas e conteúdos do site.

O segundo pilar é do conteúdo. Esse é muito mais fácil de entender, se pretende ser encontrado por uma determinada palavra-chave, não pode deixar de planejar seu conteúdo e colocá-la na página do site que espera que seja encontrada. O local onde a coloca também é importante e precisa obedecer uma determinada hierarquia, como título e descrição da página, depois nos subtítulos e títulos internos, na legenda das fotos e por fim em todo restante do conteúdo textual. Vale lembrar que as palavras-chave precisam ser planejadas de acordo com seu estudo de personas

Por fim, a popularidade. Esse é o pilar que deu ao Google seu grande o diferencial – eles perceberam que as pessoas estão procurando repetidamente por algo que seja recomendado, conhecido. O algoritmo consegue calcular quão popular é um site em relação aos outros que estão em uma mesma corrida por melhores posições. Esse rankeamento é realizado através da contagem de links externos apontando para um site. É daqui que nasce a estratégia de link building que iremos falar num post futuramente. 

Dicas finais

  • Conheça suas Personas;
  • Coloque títulos diferentes em todas as páginas do site;
  • Tenha conteúdos únicos, relevantes e atuais;
  • Acrescente descrição as imagens publicadas;
  • Escolha ferramentas atualizadas e preparadas para otimização;
  • Não esqueça as motivações do Google.

Lembre que estar nos primeiros lugares de um resultado de busca é como participar de uma competição, os melhores, bem preparados e equipados estarão nas primeiras posições

Como trabalhamos

Agora que entendeu um pouco mais sobre essa importante ferramenta, o que acha de colocarmos ela na estratégia de seu negócio?

Para começar precisamos entender seu propósito, conhecer seu público alvo, seu negócio e assim propor a melhor estratégia para utilizar essa ferramenta.

Trabalhamos desde o momento do planejamento, ao desenvolvimento dos ativos, criação dos conteúdos e a propagação da sua empresa. E aí, vamos bater um papo online para nos conhecermos e entender as melhores formas para te atender? Deixe seus dados a seguir que entraremos em contato.